Diário absolutamente verdadeiro de um índio de meio expediente, de Sherman Alexie [Resenha #28]

1


Autor: Sherman Alexie
Edição: 1
Editora: Galera Record
ISBN:
 8501082740
Páginas: 312
Sinopse: A vida de Arnold Spirit Junior parece não poder ser pior: ele mora em uma das reservas indígenas mais pobres do país, nasceu com hidrocefalia, o que faz com sua cabeça seja enorme, tem miopia em um olho e hipermetropia em outro, e é motivo de piada para sua tribo. Mas, num ímpeto de coragem, Arnold resolve mudar de vida: em busca de um futuro melhor ele pede transferência para uma escola de brancos, em uma cidadezinha perto de sua reserva. E, quando tudo parecia piorar, ele descobre que suas raízes e seu futuro, embora pareçam distantes, representam o motivo perfeito para encontrar seu lugar no mundo. skoob


Resenha,

     Quando vi ele na estante da biblioteca, nem iria pegar ele aliás, vi e devolvi na mesma hora para a estante pois não tinha gostado nem um pouco da capa e continuo não gostando porque a capa do livro, em si, ela não é a coisa mais bonita. Mas, bem ao contrario da capa, quando olhei para a diagramação do livro, me apaixonei e acabei pegando. O bom é que eu não me arrependi de ter pegado.

     O livro é super-engraçado como disse no De volta a Biblioteca #11, o post abaixo deste. O Arnold é um menino-índio que tem o seu melhor amigo que adora bater em todo mundo e em tudo o que encontrar pela frente. Mas mesmo assim, melhor amigo é melhor amigo e ele adora Rowdy. 

     Um belo dia, seu professor, em que ele joga um livro e acaba quebrando o nariz, resolve dar um conselho r Arnold, ou Junior, resolve ir para uma escola de brancos, para Reardan. Lá ele conhece Penelope, com que acaba namorando, Gordy, o viciados em livros e escola e Roger, um gigante que joga basquete junto com ele e, depois de dar um soco no seu nariz, acaba se tornando seu amigo.

     Seu pai é bêbado, sua irmã nunca sai do porão e quando sai, vai morar em Montana e acaba se casando e sua mãe, bom, ele é a mais normal. Também tem a sua avó que, sempre lhe da conselhos e acaba ajudando-o.

     Adorei o livro, uma leitura rápida que vai fazer você dar muitas risadas!


Avaliação,



Beijos,



1 comentários :

Alice Aguiar disse... [Responder comentário]

legal, eu nem conhecia esse livro, talvez eu leia um dia

Postar um comentário